O que preciso saber antes de fazer investimentos?

Segundo levantamento da Bolsa de Valores do Brasil a B3 existem hoje cerca de 3 milhões de CPF cadastrados para operador na Bolsa via corretoras. Se pensarmos que somos uma população com mais de duzentos milhões de pessoas, este numero e bem pequeno. Indo para os investimentos alternativos como Crowdfunding não temos nem 1% da população fazendo este tipo de investimento.

Se você abriu este texto, provavelmente nunca fez nenhum tipo de investimento, logo, sim, este texto e pensado justamente em você. Há alguns anos, também nunca tinha feito nenhum investimento, mas, posso garantir que e algo muito legal e quem sabe fazendo bons investimentos, com aportes frequentes, em alguns anos terá um renda extra em seu orçamento para fazer o que bem desejar?

Organize seu orçamento

O primeiro passo que deve ser dado antes de investir é organizar as suas finanças. Quando comecei, eu anotava tudo que gastava em um pequeno papel. Deixando listado as contas que eram fixas mensais, como gasolina, telefone, internet etc. E as variável, como saídas finais de semana, viagens, cursos, comida e eventos.

Uma vez anotado, você tem uma real ideia do que ganha e como gasta, podendo analisar se existe algo que possa ser cortado sem grande sacrifício, já que não adianta apenas guardar, temos que viver!

Orçamento anotado, veja quanto poderá guardar/investir mensalmente. Como meu orçamento era ainda menor quando comecei a investir, coloquei o valor para guardar de R$ 100,00 mês. No meu planejamento, coloquei como se fosse uma conta, não iria atrasar de forma alguma, assim, não era investido o que sobrava, já que estava no planejamento fixo.

Fundo de emergência

Um termo que era pouco citado quando comecei a investir era Fundo de emergência, a ideia dele e criar um valor legal, aplicado em um investimento que tem resgate imediato ou rápido, como um CDB que rende no mínimo 100% do CDI. Assim, quando tiver valores investido em ações ou Startups, quando tiver uma necessidade ou “Aperto”, não precisar vender na baixa ou por qualquer valor, tendo a reserva de emergência, sempre que precisar, primeiro vai nela…

Por experiência própria, vamos precisar!

Tive a infelicidade de começar a investir em ações e não ter criado o fundo de emergência, precisei uma vez, ao montar uma empresa de sociedade na qual não deu certo e o sócio não entrou com o capital que tinha acordado, fim das contas tive que tirar tudo que tinha na corretora para pagar as contas. 🙁

Logo, daquela época até hoje teria sido um baita lucro, que perdi por falta de conhecimento.

Então, comece diferente, antes de investir em ações ou Startups no mercado secundário, crie um fundo de emergência que pode ser de um há seis meses do seu salário guardado. Ter um valor exato e furada, cada pessoa ganha um valor mensal diferente, pode ter necessidades diferentes. Como questões de saúde, desemprego, inflação e etc.

Escolhendo uma corretora

Para começar a investir em ações na Bolsa por exemplo, precisa criar uma conta em uma corretora, hoje em dia e bem simples e tudo online!

Eu uso a corretora Rico para comprar ações e tesouro direto, a mesma faz parte do grupo XP, logo tem credibilidade. Se assinar clicando neste LINK, você ganha R$ 50,00 de credito para usar na plataforma deles. E o Banco Inter para CDB, fundos imobiliário e fundos de investimentos. No mercado existem outras empresas, não precisa criar nas mesmas, cada um tem um perfil diferente, tem a XP, BTG, Clear e Nubank por exemplo.

Faça aportes mensal

O que mais vai fazer seu capital crescer e investimentos contínuos e reinvestindo os dividendos. O famoso juros compostos, com o passar dos anos vai multiplicando seu capital investido. Como dizem por ai e melhor receber com juros compostos do que pagar juros compostos…

Como mencionei no inicio do texto, organizei meu caixa para investir mensalmente, lógico que como todo bom brasileiro tenho problemas de fluxo de Caixa, final de ano tem décimos terceiros de colaboradores, já tive problemas de saúde, comprei moto/carros e alguns meses não consegui aplicar, isto e normal, o importante e a maior parte dos meses conseguir aplicar, assim, vai crescendo sua renda e aumentando seus rendimentos, mesmo que ainda seja centavos, logo, ele irar crescer! 😀

Aumente a sua renda

Como já citado no decorrer do texto, iniciei aplicações com um valor digamos pequeno mensalmente, mas, com o passar do tempo de acordo com o crescimento da minha renda, vim aumentando este valor.

Mas, para conseguir aumentar este valor, fui correndo atrás para aumentar a minha renda mensal. (Isto não e fácil, estou há anos lutando e até hoje, buscando o crescimento). Mas, comparando-se quando iniciei até os dias de hoje, graças a Deus as coisas são BEM, melhor.

O que eu fiz, eu era CLT em uma empresa, dentro dela, busquei formas de ganhar mais dinheiro aumentando minha responsabilidade e serviços. Mas, enquanto estava nela, criei uma empresa que hoje e minha maior fonte de renda a www.hosthp.com.br claro que não iria deixar de fazer uma propaganda né? rs

Mas, para conseguir criar a empresa e ter outros cargo dentro do meu antigo emprego, eu tive que fazer cursos, estudar o seguimento que desejava entrar. Para isto, deixei de algumas vezes sair finais de semana, dormir cedo e jogar futebol e vídeo game. Sim, teve um preço, isto não foi conquistado facilmente. Mas, valeu muito a pena. Então, dedique tempo e recursos para “aumentar a sua renda”, seu investimentos dará retornos maiores e mais rápido de acordo com seus aportes.

Escolhendo os investimentos

Nesta etapa em escolher seus investimentos, após ter criado o seu fundo de emergência e muito importante ler bastante sites de noticias sobre mercado financeiro, ler, ver e ouvir especialistas do mercado financeiro. Acompanhar o resultado das empresas e ver de forma macro a economia.

Ações sempre busque empresas sólidas que dão lucro, pagam dividendos e tem histórico de crescimento mesmo em tempo de crises.

Cada pessoa tem um perfil diferente, logo, os investimentos e porcentagem em cada um será diferente. Eu atualmente minha maior parte esta aplicada em ações, Startups, Criptomoedas, fundos imobiliários e por ultimo renda fixa e ações nos EUA. E recomendável isto? NÃO!

Tenha sempre investimentos seguro, que oscilem pouco. Mas, se tem pouco capital, e muito importante correr um certo risco, seu capital precisa crescer e multiplicar, apenas em investimentos tradicionais, isto vai demorar décadas para ocorrer, logo, diversificar e importante.

Cuidado com especialistas

Na internet tem um monte de pessoas que buscam viver de vendendo cursos de algo que ele nunca fez. Acompanhe pessoas de sucesso. A maior parte deles usam as redes sociais e publicam conteúdos de graça. Vejam exemplos o Jeff Bezos não vende curso de como ganhar dinheiro na Amazon, a Luiza Trajano não vende cursos de como vender em sua loja fisica e etc.

Então pessoal, acredito que o texto esta ficando longo, então, irei compartilhar mais um pouco das minhas experiências em outros textos aqui no site NewsBrasil.net a sua visita frequente e muito importante para você se manter bem informado e fazer as melhores escolhas em investimentos!

Visits142

Deixe um comentário