Dicas básicas sobre organizar finanças pessoais

A falta de planejamento nas finanças pessoais é a maior causadora de dificuldade financeira na vida de milhares de pessoas, principalmente para aquelas, que não somente cuidam da sua finança pessoal, mas também trabalha com CNPJ, precisando lidar com a carga financeira da empresa.

Apesar de ser uma tarefa difícil para a maioria das pessoas, é de extrema importância ter um planejamento que controlará os gastos e os ganhos, de forma a não comprometerem sua renda a longo ou curto prazo.

Para que não ocorra essa dificuldade financeira em algum momento da vida, é eficaz que se aposte em um controle financeiro, que proporcionará estabilidade, deixando suas finanças muito mais fáceis de serem encaradas ao final do mês, e ser ainda capaz, de aumentar seus ganhos a longo prazo. Por isso deixaremos dicas básicas que fará apenas os primeiros passos quando o assunto é cuidar da sua vida financeira.

Confira:

Custos fixos

Todo mundo tem contas que não podem ser canceladas, e estão lá todos os meses para lembrar da realidade em que vivemos, chamamos isso de custo fixo. Uma conta que deve ser paga todos os meses como aluguel, conta de água, luz, telefone e assim por diante.

Coloque todos esses gastos em uma lista, para saber o gasto total médio que você terá todos os meses; esse será seu custo de vida.

O que resta desse valor, é simplesmente o valor que você tem para investir, ou apostar em outras variantes da sua vida, como contas não fixas (exemplo, cartão de crédito).

Tenha um fundo de emergência

Ter um fundo de emergência, significa simplesmente; economizar. Para isso não é somente necessário pegar os valores restante dos seus gastos e guardar em uma poupança como a maioria das pessoas faze, mas fazer um monitoramento das despesas para projetar os gastos e cortes que devem, e podem ser feitos.

É natural que já exista um valor base ao qual se sinta confortável em guardar sem precisar mexer para fazer pagamento de alguma conta. Mas não estabeleça um valor fixo, e sim, determine um ponto de partida, para que quando se sinta confortável com valores maiores, você também o guarde em uma conta separada da sua principal.

Visits252

Deixe um comentário